É no início que se dá o tom da campanha

Mar 11, 2022

Já na pré-campanha os candidatos mais afoitos iniciam uma dura batalha pela conquista dos votos. O convencimento é a técnica básica, para persuadir o eleitor em escolhê-lo como seu representante aos cargos eletivos nas próximas eleições.

Alguns pré-candidatos começam pela tentativa de desconstruir a imagem de um ou mais adversários, o que acaba dando o tom da campanha: agressivo e confrontador. Daí em diante será um acúmulo de embates sendo amplificados numa espiral ascendente.

O tom da campanha sendo agressivo, acaba por diminuir o espaço para serem apresentadas as propostas, ideias e projetos, que é para esse fim que foi criada a pré-campanha.

O alerta fica justamente para esse ponto mais sensível da percepção pública. Não entre neste jogo inicialmente e nem perca oportunidades de crescer positivamente na mente do eleitor. Os que apoiam um embate sempre são os que pertencem ao seu grupo ou estão mais próximos a você, nunca o eleitor que é o verdadeiro target do seu projeto

Acesse mais conteúdo no Blog da academia

https://www.gilbertomustomarketingpolitico.com/blog

 

Mais dicas e notícias, aqui!

CICQUE PARA VER MAIS CONTEÚDOS