Como o Facebook pode ajudar na campanha política

Sep 15, 2021

Com mais de 2 bilhões de contas abertas, o Facebook mantém-se como uma plataforma digital para impulsionar a campanha política.  O cofundador e presidente do Facebook, Mark Zuckerberg, disse, há dois anos, que nós estaríamos caminhando para uma alteração de comportamento nas redes sociais. Uma alteração, que já se faz presente, na qual os usuários se mostram mais interessados em mensagens diretas e privativas.


Hoje, por meio do Messenger, canal de mensagens do Facebook, você tem a opção de fazer com que seus contatos do Instagram e do WhatsApp também sejam receptores de uma única mensagem. Por isso, você deve aproveitar essas mudanças de funcionalidades no Facebook para se fazer ainda mais presente, gerar empatia, ampliar sua rede de relacionamento e gerar bons conteúdos de entretenimento.

Indicado para uso pessoal, o perfil do Facebook também permite uma série de interações, mas tem o alcance limitado de 5 mil amigos e não permite a criação de anúncios.

Já a Fanpage, indicada para pessoas públicas, permite a publicação de anúncios para atingir o eleitorado por meio do impulsionamento de publicações (capaz de atingir milhares de pessoas). Além disso, não há limite de seguidores, o que pode aumentar ainda mais seu capital político. 

Em ambas possibilidades, a dica é planejar uma série periódica com transmissão de vídeos ao vivo, aumentar o engajamento estimulando a participação dos usuários por meio de comentários ou perguntas, responder todos os comentários dos usuários (sejam críticas ou elogios) e convidá-los para fazer parte da sua lista de transmissão.

Em relação às mensagens, opte por postar suas ideias, projetos de governo e abra um espaço para ouvir os anseios da população e, sempre que possível, dedique tempo e atenção para responder um a um.

Mais dicas e notícias, aqui!

CICQUE PARA VER MAIS CONTEÚDOS